Welsh corgi – Um perfeito cachorro de companhia

0 Comment

Cão de companhia adorável, o corgi galês brilha ao lado de rebanhos como revelado pelo seu nome que significa “cão de trabalho pequeno do pântano”. Duas raças distintas são estabelecidas pela Fédération Cynologique Internationale, o pembroke welsh corgi que você provavelmente encontrará e o raro cardigan galês corgi. Classificado no grupo de pastores e tropeiros, o corgi exibe um visual único que lhe dá uma aparência irresistível de raposinha. Depois de navegar em nosso arquivo, seu coração vai inevitavelmente bater por este maravilhoso cão pastor! Como poderia ser diferente, pois traz alegria de viver na vida cotidiana? Vamos descobrir juntos esta excelente raça de cão.

Welsh corgi grande

AS CARACTERÍSTICAS DO CORGI

O galês corgi pembroke e o galês corgi cardigan são muito semelhantes. Do topo dos seus 25 cm a 30 cm na cernelha, para um peso que oscila entre 9 e 12 quilos, ambos ostentam uma silhueta de agachamento. Com uma constituição vigorosa, eles finalmente dão uma impressão de força e resistência, tudo em um corpo alongado e ligeiramente alongado, reforçado por pernas curtas e poderosas.

A pelagem do corgi é fornecida com pêlos grossos e médios de comprimento médio e um subpêlo denso. O pêlo do Pembroke é uniforme, possivelmente vermelho, marrom, preto e branco, areia, preto e fogo, com ou sem marcas brancas na cabeça, chanfro, pescoço, peito e membros. Em relação ao cardigan, todas as cores são permitidas, exceto branco puro.

A cabeça larga do corgi galês parece uma raposa, por causa de suas orelhas grandes e pontiagudas. Esse recurso é ainda mais notável no cardigã! Mas a cauda é o que diferencia as duas raças mais, já que o pembroke corgi é naturalmente desprovido de cauda. A do cardigan corgi é moderadamente longa, amarrada e usada um pouco acima da linha de trás quando o cão está atento ou em ação.

O crânio do corgi galês é bastante plano e o focinho é pontudo, terminando com uma trufa negra. Seus redondos, olhos de nozes são de tamanho médio, revelando uma expressão animada e animada. O cardigan merle azul pode ter um ou ambos os olhos azuis.

CORGI GALÊS: AS ORIGENS

As origens do corgi estão sujeitas a debate. Para alguns criadores de cães, é provável que o pembroke corgi galês e o cardigan galês corgi tenham se originado de um cruzamento entre border collie e sealyham terrier, que começou no século X. Outros sugerem que o cardigan galês corgi é o primeiro a ter surgido. Acredita-se que seus ancestrais da família basset tenham sido trazidos pelos celtas para a terra do País de Gales, em Pembrokeshire, há mais de 3.000 anos. Então eles teriam sido cruzados com outros cães pastores. Quanto ao corgi galês Pembroke, os vikings teriam importado o spitz visigodo para cruzá-lo mais tarde com o cardigã.

Welsh corgi brincando

Seja como for, a palavra “corgi” vem do antigo galês “Cur ci” ou “Cor ci”, que pode ser traduzido como “cão de trabalho” ou “cão anão”. De fato, esse canídeo em miniatura foi útil por milhares de anos aos camponeses que viviam no campo isolado, a quem ele mantinha companhia. Mais importante ainda, o corgi galês foi muito eficaz em manter o gado. No século XII, ele levou rebanhos de gado, pôneis e gansos para as feiras e mercados das grandes cidades. Este pequeno cão de robustez impressionante não hesitou em viajar por milhas, às vezes até para Londres! Os pastores também o adotaram imediatamente para monitorar os rebanhos de ovelhas. Além disso, os ingleses o chamam de “heeler” ou “prostituta”,

No século XVIII, a revolução industrial mudou o papel do galês corgi, que se tornou um cão de estimação muito popular entre as famílias. Ele também era muito popular entre os fazendeiros galeses por suas habilidades como guardião e caçador de pragas.

O corgi fez sua primeira aparição na exposição de cães em Bancyfelin, em 1892. Foi em dezembro de 1925 que o Corgi Club foi fundado, permitindo que a raça se tornasse conhecida do público em geral. Então, em 1934, o Kennel Club fez a distinção oficial entre as variedades pembroke e cardigan. Em 1935, o rei George VI da Inglaterra se apaixonou pelo Welsh Corgi Pembroke. Ele decidiu oferecer um para sua filha Elisabeth II em seu décimo oitavo aniversário. Desde então, a rainha tornou seu animal de estimação regular. Ela teria possuído mais de trinta. Foi assim que a raça ganhou sua nobreza e se tornou uma das mais populares do mundo.

O PERSONAGEM DO CORGI GALÊS

De seu passado como um cão de pastoreio composto de gado grande, o corgi galês não é de modo algum medroso e nunca agressivo para com estranhos. Hardi, sociável e carinhoso, esse pastorzinho cheio de algresse é sempre brincalhão e procura constantemente satisfazer seu mestre que ama mais que tudo.

Não se deixe enganar pelo seu olhar gentil, como o corgi acaba por ser um verdadeiro palhaço com palhaçadas eloqüentes. Animado, ativo e teimoso, ele também é incrivelmente conciliatório e dócil. É por esta razão que parece ser o cão de companhia ideal para idosos e deficientes. Neste contexto, parece desnecessário especificar que o corgi galês se adapta facilmente à presença de crianças. Além disso, suporta sem problemas seus congêneres masculinos.

Infinitamente curioso, este aventureiro da alma gosta de fazer uma expedição para descobrir novos lugares. Enfrentar todos os tipos de situações não o assusta! Como resultado, esta adorável bola de cabelo cheia de energia está sempre pronta para uma sessão de jogo ou um passeio. Portanto, não é de admirar que o Corgi Galês goste de escombros ou seja útil na detecção de drogas. No entanto, ele pode apreciar os momentos de calma quando é hora de parar.

CONDIÇÕES DE VIDA

Com uma constituição extremamente robusta, o corgi galês se adapta a todas as circunstâncias. Assim, este pequeno cão pastor aclima com grande facilidade a vida da cidade e andando na coleira. Especialmente desde que é muito limpo e latindo, o que torna mais fácil viver em um apartamento. Você vai se certificar de que ele não fique entediado de outra forma, o corgi tende a se tornar barulhento e destrutivo. A atividade física regular é obviamente essencial para canalizar a energia natural. No entanto, uma casa com um jardim continua a ser o ideal para que possa brincar à vontade. Além disso, essas condições oferecem tantas oportunidades para que esse charmoso guarda miniatura exerça sua audição muito bem.

Welsh Corgi olhando

Em qualquer caso, o corgi galês é muito próximo de seu mestre e não pode ser feliz sem o toque de sua família. É simplesmente impensável manter seu amoroso companheiro de quatro patas longe em um nicho de manhã à noite! Pequeno mas atlético e muito duradouro, este excelente atleta de extraordinária vivacidade adora andar no campo e precisa passar todos os dias em grandes saídas. Não hesite em participar de sessões de agilidade e rebanho, que é o seu esporte favorito. O corgi é tanto um queixoso quanto um carinho no sofá.

A SAÚDE DO CORGI GALÊS

O corgi galês é muito resistente e sua longevidade é de 13 anos em média. Mas se ele receber muito amor e puder praticar tanto exercício quanto quiser, seu doce companheiro peludo poderá acompanhá-lo em todas as suas aventuras até os 15 anos, ou até mesmo 17 anos. Em outras palavras, ele está longe de ser um bom cliente para o veterinário.

A raça é pouco propensa a doenças hereditárias, a principal causa de morte mielomalácia restante. De fato, este cão com pernas longas e curtas pode sofrer de uma hérnia, que eventualmente causa necrose da medula espinhal se os sintomas não forem tratados rapidamente. Uma perda de coordenação dos membros posteriores se instala no início e, muito rapidamente, se espalha por todo o corpo até que o animal se torne paraplégico e morra … O resultado desta patologia é fatal e no momento, nenhum tratamento pode superá-lo. Portanto, é essencial monitorar a espinha de seu pequeno companheiro, evitando submeter suas costas a esforços excessivos. Por exemplo, se você mora no último andar de um prédio, não deixe que ele suba as escadas todos os dias.

O crescimento do corgi galês é particularmente rápido e seu esqueleto é comparável ao de um cão grande. Sua construção compacta e baixa finalmente corresponde a uma forma de nanismo. Como resultado, mantenha seu filhote ocupado até que ele atinja a idade de um ano, a fim de preservar suas costas. É necessário favorecer uma dieta rica em cálcio para consolidar seu esqueleto. Então, ao longo de toda a sua vida, mantenha-se razoável com as rações, a fim de proteger seu corgi de estar acima do peso.

Finalmente, as cataratas ou atrofia progressiva da retina são doenças oculares bastante comuns. O Corgis Club de France exige uma triagem sistemática, assim como a relativa à displasia da anca.

A EDUCAÇÃO DO CORGI

Embora o corgi galês pareça ser um cachorrinho fabulosamente intrépido, ele ainda precisa ser capaz de impor regras de vida. Ele não está ciente de seu tamanho em miniatura e tende a se comportar como o mais forte dos pastores. Em geral, ele faz de tudo para agradar seu mestre, o que facilita muito sua educação. Muito atencioso, dedicado e dotado de uma inteligência excepcional, o corgi presta-se de bom grado às sessões de treinamento que você terá que idealmente iniciar com firmeza assim que ele chegar em sua casa. Suas ordens devem permanecer consistentes e as punições devem ser adaptadas sem nunca dar origem a qualquer forma de brutalidade. Seu bravo companheiro lhe obedecerá ainda melhor se você o instruir para disciplinar durante os jogos. Tenha cuidado, no entanto, nunca excitar demais ele, caso em que ele não vai mais ouvir você.

 Devemos também estar conscientes de que a corrida tem um pequeno defeito, o de mordiscar os calcanhares para reunir o seu mundinho como faria com o gado. Esse comportamento é bastante natural, uma vez que o corgi galês foi originalmente destinado a liderar os rebanhos. Depois de algumas lições, este atavismo desaparecerá em breve! Finalmente, a socialização está provando ser um passo importante para o seu cachorro. Ofereça-lhe o hábito de se reunir regularmente com as pessoas ao seu redor e outros animais. Assim, seu corgi será necessariamente um adulto realizado. o de mordiscar seus calcanhares para reunir seu mundinho como faria com o gado. 

Esse comportamento é bastante natural, uma vez que o corgi galês foi originalmente destinado a liderar os rebanhos. Depois de algumas lições, este atavismo desaparecerá em breve! Finalmente, a socialização está provando ser um passo importante para o seu cachorro. Ofereça-lhe o hábito de se reunir regularmente com as pessoas ao seu redor e outros animais. Assim, seu corgi será necessariamente um adulto realizado. o de mordiscar seus calcanhares para reunir seu mundinho como faria com o gado. Esse comportamento é bastante natural, uma vez que o corgi galês foi originalmente destinado a liderar os rebanhos.

 Depois de algumas lições, este atavismo desaparecerá em breve! Finalmente, a socialização está provando ser um passo importante para o seu cachorro. Ofereça-lhe o hábito de se reunir regularmente com as pessoas ao seu redor e outros animais. Assim, seu corgi será necessariamente um adulto realizado. Ofereça-lhe o hábito de se reunir regularmente com as pessoas ao seu redor e outros animais. Assim, seu corgi será necessariamente um adulto realizado. Ofereça-lhe o hábito de se reunir regularmente com as pessoas ao seu redor e outros animais. Assim, seu corgi será necessariamente um adulto realizado.

ALGUMAS DICAS

O casaco do corgi galês é muito fácil de manter. Um pente rápido uma vez por semana é suficiente para mantê-lo limpo e brilhante, mas também para manter sua pele em perfeita saúde.

O clube da raça é muito exigente quando se trata de rastreio de displasia da anca e doenças hereditárias oculares. Os testes genéticos devem ser sistematicamente realizados em indivíduos reprodutores. Neste contexto, certifique-se de que o agricultor a quem você pretende adotar seu novo companheiro tenha feito esses testes.

Referências

https://www.akc.org
https://www.thesprucepets.com
https://www.cesarsway.com
https://www.rspca.org.uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *