Como fazer o cachorro permanecer no lugar

0 Comment

Hoje, ensinaremos ao nosso cão o “seu lugar” ou, de outra forma, o “cesto”. Esta é a ordem que envia seu cão diretamente para sua cesta quando perguntado. Você pode escolher uma cesta ou uma grande almofada. Isto é muito conveniente quando você vai a amigos com seu cachorro, então você pode dizer a ele “seu lugar” ou ele ficará quieto.

cachorro parado olhando

O uso de “seu lugar” ou “cesta” também pode ser usado para enviar o seu cão para esperar pacientemente em sua cesta, enquanto você traz convidados. Você pode aprender esta ordem para o seu cão se ele é um cachorro ou um cão adulto.

COMO APRENDER “SEU LUGAR” PARA O CACHORRO DELE? PRÉ-REQUISITOS

Para aprender o “seu lugar” para seu cachorro inútil gritar com ele! Em vez disso, faça o oposto e tenha uma voz entusiasmada.

Neste método, usaremos os deleites. Escolha o deleite mais saboroso para o seu cão. Por exemplo, pedaços de bacon ou cervelas. Cães adoram isso. Não pegue os croquetes que ele normalmente come, eles são menos motivadores, porque ele os conhece de cor, ao contrário dos deleites “novos” e “raros”.

Este método usa chamariz. Vamos atrair nosso cachorro para trazê-lo ou desejamos isso. Eu particularmente gosto deste método porque não precisamos usar força em seu cão para trazê-lo para sua cesta. É por isso que recomendo que você tenha uma voz entusiasmada.

Pedir a seu cão para ir ao seu carrinho não deve ser um castigo. Seu cão deve ir ao seu cesto com entusiasmo.

ENSINE SEU CACHORRO A IR AO SEU “CESTO”. OS PASSOS.

Traga deleites e aproxime-se de onde quer colocar o seu cão.

Passo 1: Coloque-se a 2 metros do “lugar dele”. Pegue o seu petisco e coloque-o na frente do focinho do seu cão. Atrai-lo com o deleite para “sua cesta” ou “seu lugar”. 
Passo 2: Uma vez que ele está em “seu lugar”, recompense-o dando-lhe o deleite. Espere um pouco e depois volte 2 metros para o seu ponto de partida. Se o seu cão está seguindo você, isso não importa. 
Passo 3: Repita 5 vezes, no entanto, antes de retomar o seu ponto inicial, espere um pouco. Seu cachorro deve ficar em seu lugar. 
Passo 4: Uma vez que seu cão tenha entendido que ele deve ir ao seu cesto, repita o passo 5 5 vezes, mas desta vez diga “seu lugar” ou “cesta”. 
Passo 5:Uma vez, para a cesta de volta 2 metros, em seguida, espere um pouco (alguns segundos no início), em seguida, avançar para o seu cão e recompensá-lo. Seu cão entendeu o princípio. Quando você diz “seu lugar” Ele vai para sua cesta. 
Etapa 6: Estenda a distância entre o ponto de partida e sua cesta. E também prolongar o tempo que ele tem que ficar em sua cesta.

COMO ENSINAR SEU CÃO DE FORMA NATURAL

ESTRUTURA DE UM CURSO DE TREINAMENTO DE CÃES NO MÉTODO NATURAL


1 Apresente-se. Peça aos alunos que se apresentem rapidamente. Primeiro nome do mestre e primeiro nome do cachorro.

2 Pergunte como passou a semana e se a aplicação das instruções da aula anterior causou problemas e quais? Responda se necessário.

3 Lembre-se do equipamento do cão e fale sobre os alimentos que precisam ser rapidamente acessíveis e pequenos. Das guloseimas, fale sobre o método natural praticado no clube.

POR QUE USAR GULOSEIMAS PARA EDUCAR O SEU CACHORRO?


As guloseimas serão essenciais por um tempo. Eles são uma das “bases de prazer” propostas ao cão no método de educação natural que praticamos em nosso clube. Basta associar a sequência “prazer” com a palavra correspondente à ordem dada (sentar, mentir, etc …) Com este método, oferecemos uma escolha ao cão: ele obedece, ele é recompensado, ele não obedece, ele não tem nada. Você também pode variar as respostas: doce, jogo, bola, etc. Evitamos as restrições, os confrontos e, ainda assim, damos uma educação real ao cão e valorizamos suas habilidades, permitindo que ele adquira novos ao longo de sua vida.

4 Dê o objetivo da lição: Descobrir ou aperfeiçoar o modo de aprendizado das ordens básicas que permitirão ao mestre administrar e até mesmo proteger seu cão em todas as circunstâncias.


Especifique os exercícios que serão praticados. Peça aos professores que falem o mínimo possível, relaxem e sorriam! Isso ajuda a relaxar o cão que percebe os sentimentos negativos e sofre. Peça para estar atento ao comportamento do animal porque dá indicações por sua atitude e facilita o sucesso dos exercícios.


Ajudaremos as habilidades naturais de cada cão, induzidas pelas características da raça ou pelos próprios comportamentos ancestrais.

COMO APRENDER O SEGUINTE NA COLEIRA PARA O SEU CÃO?


Sugira para começar os exercícios deste curso com o seguinte em uma trela. Faça um tour pelo campo, explicando que permite ao cão mobilizar sua atenção, entender seu ambiente e se tranquilizar.
Explique a caminhada na coleira.


Em um grupo de lobos, se um indivíduo leva uma presa em sua boca, os outros escoltam-no. O mais novo pode tentar pegar sua presa.
Usaremos esse comportamento natural adaptando-o ao nosso pedido. Mantenha um deleite na frente do focinho, para motivar o cão. Mostre o doce segurando dentro da mão, sob o polegar. Mão na frente do nariz do cão, não muito alto para evitar o “efeito canguru” Assim que o cão puxa, pare, ajude-o a se reposicionar graças ao doce. A coleira deve permanecer flexível.
Certifique-se de que o depósito está incluído.
Observe, corrija, parabenize.

APRENDA AS POSIÇÕES SENTADO DEITADO E DE PÉ PARA O SEU CÃO


Sentado, deitado, de pé: sentado, deitado, em pé, são inicialmente palavras sem sentido para o cão. Ele não entende, por isso é inútil repetir constantemente suas palavras que não terão efeito, se não for para enfatizar o animal.


Mais uma vez, vamos usar os métodos naturais de educação que a mãe usa com seus filhotes para se livrar do comportamento do cão em palavras humanas.


Sentado: Na natureza, se o pequeno lambe as costeletas de sua mãe, ela levanta a cabeça, a criança se senta. O tratamento, portanto, naturalmente fará o mesmo movimento. Segure o doce na palma da sua mão enquanto o cachorro está em pé. Faça-o sentir e lamber … Yum, algo bom … Levante a mão um pouco. Ele segue o boato dos olhos e flexiona as patas traseiras. Uma vez que ele se senta, recompense e diga alegremente sentado.

Deitada: A mãe se alonga, os filhotes ainda seguem o focinho e deitam-se. Coloque o cachorro na posição sentada. Com a ajuda do tratamento, faça-o abaixar a cabeça. Siga o movimento e coloque rapidamente o tratamento entre as pernas da frente, gentilmente para trás a mão, permanecendo no chão. O cão segue o movimento do deleite e vai para a cama. Diga LAYER assim que ele estiver em uma boa posição e recompensador.

Em pé: A mãe se levanta, os pequenos seguem e ficam em pé. Para nós, é como avançar a mão segurando o tratamento e bloqueando-o tão cedo. Recompense e diga STAND UP assim que ele estiver na posição correta.

No filhote, lembre-se que o sentado é para levantar a mas que segura o doce, deitado, em pé, para avançar a mão e bloqueá-lo na frente do cão. Resta associar as palavras com as posições obtidas com a ajuda do tratamento que “substituirá” o focinho da mãe

7 – INTRODUZIR A NOÇÃO DE REFORÇO POSITIVO
Observe seu cachorro. Leia os sinais corporais que ele emite de acordo com os lugares onde está, suas atividades, os estímulos de seu ambiente. Ao observar suas reações, você verá as atitudes correspondentes aos comportamentos que deseja ensinar a ele. Para você intervir quando o comportamento é realizado e dar o sinal correspondente: sentado, deitado, etc … Sempre recompensar o sucesso, o que significa ter sempre seus deleites prontos para ir fora do bolso! Este é o resgate do sucesso !! Pouco a pouco, o uso de doces será aleatório e abraços de parabéns serão suficientes.
Costumo dizer brincando que meu cachorro me ensinou a dizer sentado, deitado, etc ….

8 – COMO ENSINAR SEU CACHORRO A VOLTAR?
A mãe retorna da caça, ela envia um sinal. Os pequenos saem do covil rapidamente. A mãe regurgita a comida.
Em nosso cachorro, continuaremos a nos adaptar ao seu modo ancestral de operação, adaptando-o para alcançar o que queremos. O lembrete será associado com o doce, a tigela, o jogo, etc …

Aviso: Sempre felicite e recompense um cão que retorna, mesmo que seja lento para executar o pedido. Faça isso felizmente. Seja expansivo, sorrindo! Da mesma forma quando você repreendê-lo, force o tom! Seja breve! Um bem aplicado NÃO, carrancudo, é melhor que um longo discurso. Nunca corra atrás do seu cachorro. Ele levará isso para um jogo e correrá mais rápido que você. Pare ou vire sem dizer nada. Ele vai voltar muito rapidamente para você.

Lembre-se de que o lembrete pode um dia salvar a vida do seu cão e impedir que você o perca.

Escolha suas palavras: pés, aqui, venha, não importa desde que estas palavras sejam sempre as mesmas depois, e usadas por toda a família, e precedidas pelo nome do cachorro! “Floria, Feet” ou “Floria Here”
Se você está fazendo exercício sozinho, escolha um lugar calmo, ou o cão não arriscará nada. O lembrete pode ser praticado em todos os lugares, mesmo em casa, de uma sala para outra simplesmente. No início, o importante não é a distância, mas o sucesso do exercício. Seja paciente e feliz. Se o cachorro brincou em um lugar calmo, lembre-se disso usando as palavras escolhidas, prenda sua atenção por todos os meios: assobie, solte, bata palmas, etc … Assim que ele voltar, parabenize calorosamente.

Você também pode obter ajuda de uma segunda pessoa que irá segurá-la enquanto você se afasta, o que ajuda a tornar-se aleatória à medida que o progresso avança.
Tenha um lembrete em andamento.
Observe, corrija, parabenize

9 – COMO TERMINAR UMA AULA DE TREINAMENTO DE CÃES?
Enfatize a necessidade de fazer os exercícios da lição diariamente. Deixe claro que todas as pessoas que compõem o ambiente do cão devem ter o mesmo comportamento, sob pena de desequilibrar o cão e fazê-lo se sentir mal consigo mesmo. É sua responsabilidade como “bom professor” ter certeza disso.
Há alguma pergunta?
Obrigado e diga adeus.

Referências

https://www.akc.org
https://www.thesprucepets.com
https://www.cesarsway.com
https://www.rspca.org.uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *